Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fuga de presídio no Afeganistão deixa 5 mortos e 31 feridos

Cabul, 8 jun (EFE).- Pelo menos cinco pessoas morreram e mais de 31 ficaram feridas em uma fuga de detentos realizada com a ajuda de talibãs em uma penitenciária no norte do Afeganistão, informaram nesta sexta-feira fontes oficiais.

O fato aconteceu na noite de ontem no presídio de Sari Pul, capital da província homônima, após uma explosão em suas dependências, afirmou à agência local ‘Pajhwok’ o vice-governador deste estado, Akhtar Mohammed Khairzada.

Após a ativação da bomba, guerrilheiros talibãs atacaram do lado de fora do presídio os postos de controle, derrubaram vários muros e trocaram tiros com policiais, disse um funcionário da penitenciária, Maulvi Abdul Ghani, à agência ‘AIP’.

Os mortos são três prisioneiros, um guarda e um talibã, segundo Khairzada, e 18 dos 31 feridos, alguns deles em estado muito grave, foram levados a um hospital próximo à prisão. O incidente foi reivindicado por um porta-voz talibã, Mohammed Yousef Ahmadi, que afirmou à ‘AIP’ que no ataque morreram 13 guardas.

Em abril de 2011, 500 presos talibãs fugiram da prisão de Kandahar, reduto espiritual dos insurgentes no sul do Afeganistão, através de um túnel de mais de 300 metros que foi escavado durante cinco meses.

Aquela tinha sido a segunda vez que ocorria uma fuga em massa na prisão de Kandahar. Em 2008, cerca de 900 presos – 400 deles talibãs – fugiram depois que insurgentes explodiram os portões com o uso de um caminhão-bomba. EFE