Clique e assine a partir de 9,90/mês

Frases famosas de presidentes durante a cerimônia de posse

Por Da Redação - 20 jan 2009, 11h25

Estas são algumas das frases mais famosas dos antecessores de Barack Obama por ocasião da cerimônia de de posse como presidente dos Estados Unidos.

“Sem animosidade em relação a ninguém, generosos com todos e seguros de nosso direito, do qual Deus nos tornou conscientes, coloquemos as mãos à obra para concluir a tarefa que nos ocupa, curar as feridas de nossa nação, exaltar a quem combateu e levar alívio a sua viúva e seus órfãos, fazer, enfim, todo o possível para alcançar e respeitar uma paz justa e duradoura entre nós e com todas as nações”.

(Abraham Lincoln, 1865, durante os últimas dias da Guerra de Secessão)

“Queremos a paz, mas queremos a paz justa, a paz virtuosa. Nós a queremos porque achamos que é justa, não porque temos medo.”

Continua após a publicidade

(Theodore Roosevelt, 1905, quando os Estados Unidos começavam a se transformar numa grande potência)

“A única coisa de que devemos ter medo é o próprio medo – indefinível, irracional, um terror injustificado que paralisa os esforços para passar do retrocesso ao progresso”.

(Franklin D. Roosevelt, 1933)

“Meus queridos compatriotas, não perguntem o que o seu país pode fazer por vocês, perguntem o que vocês podem fazer por seu país. Cidadãos do mundo, não perguntem o que os Estados Unidos podem fazer por vocês, e sim o que podemos fazer juntos pela liberdade”.

Continua após a publicidade

(John F. Kennedy, 1961)

“Meus queridos compatriotas, nosso longo pesadelo nacional acabou”.

(Gerald Ford, sucessor de Richard Nixon, depois da renúncia deste em agosto de 1974)

“Na atual crise, o estado não é a solução para nosso problema; o Estado é o problema”.

Continua após a publicidade

(Ronald Reagan, 1981)

“Não há nada de ruim nos Estados Unidos que não possa ser resolvido pelo que os Estados Unidos têm de bom”.

(Bill Clinton, 1993)

“A política dos Estados Unidos é apoiar a expansão dos movimentos e instituições democráticas em todos os países e culturas, com o objetivo último de pôr fim à tirania em nosso mundo”.

Continua após a publicidade

(George W. Bush, 2005)

(Com agência France-Presse)

Publicidade