Clique e assine a partir de 9,90/mês

França expulsa 14 diplomatas líbios fiéis a Kadafi

Por Da Redação - 6 Maio 2011, 06h00

Em um breve comunicado, a França anunciou nesta sexta-feira a expulsão de 14 diplomatas líbios com posto em Paris fiéis ao regime do ditador Muamar Kadafi.

De acordo com a nota do Ministério das Relações Exteriores, o país “declarou persona non grata a 14 ex-diplomatas líbios com postos na França”. Os funcionários do corpo diplomático de Kadafi terão de deixar o país em até 48 horas.

Um porta-voz do ministério afirmou à agência de notícias Efe que os diplomatas credenciados em Paris mantiveram-se “fiéis a um regime ilegítimo”. Segundo o funcionário francês, diplomatas líbios que se distanciaram de Kadafi conservarão seus postos na representação da Líbia.

A França foi o primeiro país a reconhecer oficialmente o Conselho Nacional de Transição da Líbia (CNT), o organismo de representação da oposição a Kadafi.

(com EFE)

Continua após a publicidade
Publicidade