Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

França cogita realizar ataques aéreos contra Estado Islâmico na Síria, diz jornal

Informação foi ao ar neste sábado no site do francês 'Le Monde'; presidente François Hollande falará sobre o assunto na segunda-feira

A França considera realizar ataques aéreos contra o Estado Islâmico na Síria, juntando-se à coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos. A informação foi ao ar neste sábado no site do jornal Le Monde, citando, sem dar nomes, uma “fonte de alto nível”.

Autoridades do governo francês não quiseram comentar a reportagem, dizendo que o presidente François Hollande expressaria sua opinião sobre o assunto em entrevista à imprensa na segunda-feira.

A França foi o primeiro país a se juntar à coalizão liderada pelos EUA para realizar ataques aéreos contra o Estado Islâmico no Iraque, mas descartou fazer o mesmo na Síria, temendo que isso pudesse beneficiar o presidente sírio, Bashar al-Assad. O país tem fornecido armas aos rebeldes que considera moderados.

No entanto, a crise de refugiados na Europa, causada principalmente pelo grande número de pessoas fugindo da guerra civil síria, pelo fracasso em fazer o Estado Islâmico recuar e pela crescente presença russa na região podem levar a uma mudança de atitude, segundo o Le Monde, que disse que Hollande discutiu o tema com a área de defesa na sexta-feira.

Leia mais:

Áustria e Alemanha abrem fronteiras para imigrantes liberados pela Hungria

Milhares de crianças atravessam a Europa sozinhas com onda de refugiados

Corpo de Aylan é enterrado na Síria

(Com Reuters)