Clique e assine a partir de 9,90/mês

Forças líbias tomam centro de comando do EI em Sirte

Sirte é o principal reduto no país do EI, que controla a cidade desde fevereiro de 2015

Por Da redação - Atualizado em 11 ago 2016, 07h38 - Publicado em 10 ago 2016, 15h44

As forças do Governo de União Nacional líbio (GNA) assumiram nesta quarta-feira o controle do centro de comando do grupo extremista Estado Islâmico (EI) em seu reduto de Sirte, anunciou seu serviço de comunicação em um comunicado.

“O Centro de (conferências de) Ouagadougou está em nossas mãos”, indicou o serviço de imprensa, que também informou a tomada pelas forças do GNA do hospital Ibn Sina e do campus da Universidade de Sirte.

LEIA TAMBÉM:
EUA iniciam ataques aéreos contra o Estado Islâmico na Líbia

A ofensiva deixou três combatentes líbios, apoiados pelos Estados Unidos, e 20 jihadistas do Estado Islâmico mortos. Uma agência de notícias ligada ao grupo terrorista anunciou que um caça da Líbia foi abatido na região.

Autoridades americanas estimam a presença de menos de 1.000 extremistas do EI em Sirte, muitos estrangeiros e veteranos vindos do Iraque e da Síria.

Continua após a publicidade

As forças pró-governo informaram que os extremistas ainda dominam alguns pontos em três áreas residenciais de Sirte e uma vila na orla, mas a captura do centro de convenções – usado como centro de comando do EI – era fundamental para o avanço da ofensiva contra os jihadistas na região, reportou a rede britânica BBC.

Localizada na costa líbia no Mar Mediterrâneo, Sirte é o principal reduto no país do EI, que controla a cidade desde fevereiro de 2015.

Publicidade