Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Forças de segurança sírias matam 15 civis em Hama e Homs

As forças de segurança sírias provocaram a morte nesta quinta-feira de 15 civis e procederam com as buscas na região de Hama e Homs, no centro do país, informou o opositor Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH).

“Nove civis foram mortos e outros nove ficaram feridos, cinco deles gravemente, em operações realizadas pelas forças sírias na cidade de al-Tremsé, na província de Hama”, a 210 km ao norte de Damasco, informou a ONG.

Mais ao sul, na província de Homs, os confrontos deixaram seis mortos. Quatro pessoas morreram ao serem atingidas por disparos feitos por franco-atiradores das forças de segurança, segundo a ONG. Na região de Tal Kalakh, uma mulher e sua filha morreram devido aos disparos.

“O som de metralhadoras pesadas era escutado nos arredores de Tal Kalakh”, segundo a mesma fonte, que citou os temores da população de que essa cidade seja tomada de assalto pelas forças armadas.

Na quarta-feira, 14 civis foram mortos na região de Idleb (noroeste) e em Homs, e “violentos confrontos entre forças de segurança e desertores” em Dael (sul) deixaram sete mortos entre as forças governamentais, segundo os militantes.

A União Europeia decidiu nesta quinta-feira adotar novas sanções contra o regime do presidente sírio Bashar al Assad, devido à continuidade da sangrenta repressão que, segundo a ONU, já deixou um saldo de ao menos 4.000 mortos.