Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Foguetes voltam a atingir hospital em Aleppo, na Síria

Agência de notícias local indica que houve três mortes, enquanto Observatório Sírio de Direitos Humanos confirma "dezenas" de vítimas

Por Da Redação 3 Maio 2016, 09h25

Pelo menos três mulheres morreram e outras 17 pessoas ficaram feridas nesta terça-feira, depois de foguetes serem lançados contra um hospital na cidade de Aleppo, no norte da Síria. A informação é da agência de notícias oficial do país, a Sana. O Observatório Sírio de Direitos Humanos confirmou que houve “dezenas de mortos ou feridos” no ataque, mas não especificou o número de vítimas.

O hospital atingido, o Al Dabit, fica no bairro de de Al Muhafaza, uma zona mantida sob o controle das forças governamentais. Segundo o Observatório, o ataque foi realizado por “organizações terroristas”.

Leia também:

John Kerry viaja a Genebra para restaurar trégua na Síria e deter banho de sangue em Aleppo

Continua após a publicidade

Confrontos na região de Aleppo podem provocar novo êxodo de refugiados sírios, diz Turquia

Governo sírio bombardeia hospital em Aleppo; ao menos 20 morreram

Na última semana, dois hospitais e uma clínica foram alvo de ataques em Aleppo. Um dos atentados, que aconteceu na quarta-feira, provocou a morte de pelo menos 50 pessoas no centro de saúde de Al Quds, situado no distrito de Al Sukari.

A cidade de Aleppo sofre uma onda de violência há mais de uma semana. Os bombardeios na região desrespeitam o cessar-fogo que havia sido imposto no país em fevereiro pelos russos e americanos ao regime sírio e aos rebeldes. Desde a madrugada desta terça-feira, as facções rebeldes intensificaram o lançamento de projéteis contra áreas em poder dos soldados governamentais na cidade. O Observatório Sírio de Direitos Humanos confirmou que houve outros ataques em diversos bairros sírios, incluindo nas imediações da mesquita de Al Rahman.

(Com EFE)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)