Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

“Fogo amigo” da Otan mata oito soldados no Afeganistão

Forças da aliança militar ocidental iniciaram por engano um ataque aéreo contra um posto militar do Exército afegão

Pelo menos oito soldados afegãos foram mortos em um incidente classificado como “fogo amigo” na madrugada desta segunda-feira, no distrito de Baraki Barak, na província de Logar, ao sul da capital Cabul, onde extremistas do Talibã frequentemente realizam ataques contra forças afegãs. O episódio ocorreu quando forças da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) iniciaram por engano um ataque aéreo contra um posto militar no Afeganistão, de acordo com autoridades afegãs.

Uma autoridade americana em Cabul confirmou o ataque e disse que a aliança internacional estava investigando o incidente. “Soldados feridos foram levados para um hospital”, afirmou o chefe da polícia regional, Muhamad Dawoud Ahmadi, acrescentando que estão sendo investigadas as causas do bombardeio. Aviões de guerra dos EUA e aeronaves não-tripuladas ainda realizam ataques no Afeganistão mirando o Talibã e outros militantes, mesmo após a maior parte das forças estrangeiras ter se retirado do país, no fim do ano passado.

LEIA TAMBÉM:

Atentado talibã contra a Otan mata cinco pessoas no Afeganistão

Presidente do Afeganistão tentará obter reforço militar dos EUA

EUA avaliam retirada mais lenta de tropas do Afeganistão, diz Carter

“Parece que o ataque foi realizado por engano contra forças militares, e uma investigação está acontecendo para descobrir sua razão”, disse o general Abdul Raziq, comandante sênior do Exército Nacional Afegão em Logar.

Os EUA tem aumentado o número de ataques aéreos no Afeganistão. Só no mês de junho foram realizados 106 ataques, em comparação com 41 em maio, de acordo com estatísticas militares. Se confirmado, o ataque seria o incidente mais mortal de fogo amigo envolvendo as forças internacionais desde 2001.

(Da redação)