Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

FMI: Ajuste na Espanha ‘não deve estrangular o crescimento’

Washington, 12 abr (EFE).- Os progressos realizados pela Espanha são ‘louváveis’, mas o país deve seguir avançando ‘no adequado espaço de tempo para não estrangular o crescimento’, afirmou nesta quinta-feira Christine Lagarde, diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI).

‘A Espanha realizou, está realizando e deve seguir realizando esforços significativos’, respondeu Lagarde às perguntas dos jornalistas em uma conferência no Instituto Brookings de Washington.

Segundo sua opinião, a Espanha tem problemas ‘próprios’, consequência da explosão da bolha imobiliária e da fraqueza do entorno financeiro que devem ser ‘encarados’.

Lagarde destacou também a importância da ‘coordenação estreita’ com os parceiros da eurozona e da Comissão Europeia para sair da crise.

As declarações da diretora-gerente do FMI acontecem a uma semana que essa entidade multilateral promova suas reuniões, entre os dias 20 e 22 de abril, em Washington. EFE