Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Flórida: irmão de atirador é preso por invadir escola do massacre

Zachary Cruz afirmou ter entrado no local para “refletir sobre o tiroteio”

Zachary Cruz, irmão de Nikolas Cruz, autor do massacre na escola Marjory Stoneman Douglas, em Parkland, na Flórida, foi detido na segunda-feira por ter entrado no mesmo colégio sem autorização, segundo informações da imprensa local.

O Escritório do Xerife do condado de Broward informou que as câmeras de segurança gravaram Zachary quando ele “atravessou todas as portas e entradas fechadas e circulou com seu skate pelo interior da escola” de ensino médio, de acordo com os canais de TV de Miami.

O irmão mais novo de Nikolas Cruz ficou detido na prisão do condado, acusado de transgressão, com uma fiança de US$ 25. Zachary, de 18 anos, um a menos que seu irmão Nikolas, disse que tinha entrado na escola “para refletir sobre o tiroteio” que ocorreu o dia 14 de fevereiro, segundo o Escritório do Xerife.

Zachary já foi interrogado diversas vezes pela polícia desde o massacre. Segundo relatórios da polícia, ele demonstra se sentir “culpado e responsável de alguma forma” pelo tiroteio porque ele e seus amigos costumavam zombar de Nikolas, informou o jornal americano The Washington Post. “Zachary gostaria de ter sido mais legal com seu irmão”, diz o relatório.

Naquele dia, Nikolas Cruz, ex-aluno da escola Marjory Stoneman Douglas, em Parkland, uma cidade residencial próxima a Fort Lauderdake, chegou de Uber ao colégio com uma mala onde carregava um fuzil. Uma vez no interior de um dos edifícios, começou a disparar indiscriminadamente, matando 17 pessoas, entre elas 14 alunos.

O estado da Flórida anunciou na semana passada que pedirá a pena de morte para Cruz.

Nikolas e Zachary foram adotados por um casal depois que sua mãe faleceu. Na época eles tinham dois anos e dois meses, respectivamente.

(Com EFE)