Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Fim da operação da Otan na Líbia se aproxima

Por Kirill Kudryavtsev 5 set 2011, 11h13

O fim da operação da Otan na Líbia “se aproxima significativamente do êxito”, declarou nesta segunda-feira o secretário-geral da Aliança Atlântica, Anders Fogh Rasmussen.

“Na Líbia, nossa operação se aproxima significativamente do êxito, mas ainda não estamos lá”, afirmou durante uma coletiva de imprensa em Bruxelas.

A decisão de colocar um ponto final à operação dependerá em grande parte da “capacidade do Conselho Nacional de Transição (CNT) de garantir uma proteção eficaz aos civis”, declarou o secretário-geral da Aliança Atlântica. Isto será “chave”, acrescentou.

Mas também serão consideradas as decisões tomadas pela ONU e a análise feita pela Otan no local, acrescentou.

“Infelizmente, observamos que as forças pró-Kadhafi continuam representando uma ameaça à população civil. Por isso devemos continuar até que esta ameaça desapareça”, disse.

Nesta segunda-feira, combatentes das autoridades de transição líbias ameaçavam atacar Bani Walid, após um novo fracasso das negociações sobre a rendição desta cidade, onde estão entrincheiradas as forças leais ao coronel Muamar Kadhafi.

Depois de vários dias de negociações com os chefes tribais de Bani Walid, um oásis ao sudoeste de Trípoli, o principal negociador do Conselho Nacional de Transição (CNT), Abdullah Kenchil, anunciou no domingo à noite que as negociações fracassaram.

No sábado, em Benghazi (leste do país), Mustafa Abdul Jalil, presidente da nova autoridade política, o Conselho Nacional de Transição (CNT), reiterou que as tropas pró-Kadhafi tinham até o dia 10 de setembro para depor as armas, citando as cidades de “Sirte, Bani Walid, Al-Khufra e Sebha”.

Continua após a publicidade


Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)