Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Filho de herói da Revolução Cubana chega aos EUA

O filho de um herói da Revolução Cubana, que é contrário ao regime do país, chegou aos Estados Unidos depois de sete anos tentando deixar a ilha. Ele só teria tido sua saída autorizada pelo governo de Raúl Castro após a mediação do cardeal católico cubano Jaime Ortega, informou a imprensa de Miami, nesta sexta-feira.

O advogado Juan Almeida, de 43 anos, é filho do comandante Juan Almeida Bosque, que morreu em setembro de 2009. Ele foi detido brevemente, no mesmo ano em que o pai faleceu, por tentar deixar Cuba ilegalmente. Na ocasião, chegou a fazer uma greve de fome.

Almeida chegou aos Estados Unidos em um voo vindo do México – depois de deixar Cuba esta semana – e reencontrou sua mulher e filho, no aeroporto de Miami, na última quinta-feira. Ele disse aos jornalistas que seu objetivo em sair de Cuba foi ficar com sua família e receber tratamento médico nos EUA pela doença reumática degenerativa da qual sofre.

Mas ele criticou o presidente cubano Raúl Castro, companheiro de seu falecido pai na revolução cubana de 1959, por não ter permitido que partisse antes.”Raúl Castro é o principal responsável – mas não o único – por eu não ter podido sair de Cuba nos últimos sete anos para receber o tratamento médico que necessito”, disse. Os cubanos precisam de autorização para deixar a ilha e pessoas que ocupam cargos relacionados à segurança ou que sejam economicamente estratégicas podem ser impedidas de viajar, especialmente se existirem suspeitas quanto à sua lealdade ao governo comunista da ilha.

A saída de Almeida ocorre em um momento em que o governo cubano está no meio do processo para libertar 52 prisioneiros políticos, detidos durante a onda de repressão conhecida como “Primavera Negra”, após um acordo firmado com a Igreja Católica.

(Com Reuters)