Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Filho da presidente Cristina Kirchner é hospitalizado

Máximo teria dores no joelho, possivelmente causadas por uma artrite

Por Da Redação 11 jun 2012, 09h17

Máximo Kirchner, 35 anos, filho da presidente argentina Cristina Kirchner e líder político governista, foi hospitalizado na manhã desta segunda-feira com dores no joelho, possivelmente causadas por uma artrite. Não foi divulgado, porém, um comunicado oficial sobre sua saúde, informou a rede de televisão local.

O filho de Cristina, líder do grupo juvenil pró-governamental La Cámpora, foi levado de avião de sua cidade natal, Rio Gallegos (sul), onde reside, e foi internado em Buenos Aires, no hospital particular Austral (periferia noroeste). Ele chegou à capital argentina durante a madrugada, a bordo do avião presidencial Tango 01. Cristina acompanhou o filho em todo o trajeto.

Na última quinta-feira, cerca de 5.000 pessoas saíram às ruas de Buenos Aires para protestar contra o governo da presidente. Esse foi o terceiro “panelaço” em pouco mais de uma semana convocado por meio do Twitter e Facebook. Os manifestantes exigem o fim do controle da venda de dólares imposto pelo governo, além do combate à corrupção e mais segurança.

(Com agência France-Presse)

Continua após a publicidade
Publicidade