Clique e assine a partir de 8,90/mês

Fidel Castro reaparece em público após nove meses

Imagens mostram ditador caminhando com ajuda em evento em Havana

Por Da Redação - 9 jan 2014, 19h07

Imagens do ditador Fidel Castro na inauguração de um centro cultural em Havana foram divulgadas nesta quinta-feira. Ele não aparecia em público desde abril do ano passado, quando participou da inauguração de uma escola. Nas fotos, o gerontocrata de 87 anos aparece caminhando com ajuda, curvado e com uma aparência fragilizada.

O jornal Granma, do Partido Comunista cubano, informou que o evento faz parte das comemorações pelo aniversário de 55 anos da Revolução Cubana de 1959. E descreve o estúdio de arte como um espaço para “a experimentação, o desenvolvimento, a difusão das artes e o entendimento humano”.

Em VEJA: Cuba – É proibido prosperar

Experimentação e desenvolvimento podem ser termos bonitos quando relacionados às artes, mas no país dos Castro são impossíveis de serem aplicados no dia a dia. Com problemas de saúde, em 2006 Fidel transferiu a presidência da ilha para as mãos do irmão Raúl. O herdeiro anunciou uma série de “reformas”, mas nada mudou. E melhorar de vida continua proibido no país.

Em dezembro, o venezuelano Nicolás Maduro, cria dos irmãos Castro, fez uma visita à ilha que não havia sido anunciada previamente. Encontrou-se com Fidel, com quem disse ter tido “longas conversas”. Seis meses antes, o ditador recebeu o chefe da Assembleia Nacional venezuelana, Diosdado Cabello, e uma foto do encontro foi divulgado pela imprensa oficialista. A Venezuela é uma das maiores financiadoras de Cuba.

Continua após a publicidade
Publicidade