Clique e assine com até 92% de desconto

FBI faz busca em escritório de advogado pessoal de Trump

Agentes apreendem diversos documentos, entre eles arquivos relacionados a pagamento feito à atriz pornô Stormy Daniels

Por Da redação Atualizado em 9 abr 2018, 18h59 - Publicado em 9 abr 2018, 18h58

O FBI fez uma busca no escritório do advogado pessoal do presidente Donald Trump, Michael D. Cohen. Segundo o jornal The New York Times, os agentes buscavam documentos relacionados a muitos temas, entre eles os pagamentos feitos à atriz pornográfica Stormy Daniels para que ela mantivesse o silêncio sobre seu caso com Trump.

Os promotores americanos obtiveram o mandado de busca por meio de uma indicação do promotor especial Robert Mueller, que investiga a interferência da Rússia nas eleições presidenciais americanas de 2016, segundo o advogado de Cohen, Stephen Ryan.

A busca, contudo, não parece estar diretamente relacionada à investigação de Mueller. Segundo o The New York Times, o procurador provavelmente descobriu informações relevantes em relação à Cohen e seus clientes durante sua apuração e as repassou à Promotoria de Nova York, que investiga o caso de Stormy Daniels.

Para Ryan, a busca no escritório do advogado de Trump foi “completamente inadequada e desnecessária”. Ainda assim, afirmou que Cohen cooperou com as autoridades.

  • O advogado pessoal do presidente dos Estados Unidos afirmou recentemente que pagou 130.000 dólares à atriz pornô Stephanie Clifford, conhecida como Stormy Daniels, como parte de um acordo de confidencialidade antes da campanha eleitoral de 2016. Daniels afirma que manteve um caso com Trump em 2006.

    Porém, além dos documentos relacionados ao acordo com a atriz, os agentes do FBI também apreenderam e-mails, documentos sobre impostos e registros comerciais do escritório de Cohen, segundo afirmou uma fonte próxima ao caso ao New York Times.

    Continua após a publicidade
    Publicidade