Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

FBI concorda que Rússia interferiu nas eleições, diz jornal

Segundo Washington Post, diretor da CIA enviou mensagem interna afirmando que o FBI endosa posição da agência de inteligência

Por Da Redação 17 dez 2016, 12h37

O diretor do FBI, James B. Comey, e o diretor da Inteligência Nacional americana, James R. Clapper Junior, concordam com a afirmação da CIA de que a Rússia ajudou Donald Trump a vencer as eleições americanas neste ano, segundo informações do jornal americano Washington Post.

Segundo fontes do jornal dentro da CIA, o posicionamento dos dois diretores foi revelado em uma mensagem interna do diretor da agência de inteligência, John Brennan, na última sexta-feira (16/12).

“Mais cedo nesta semana, encontrei com o [diretor do] FBI James Comey e o diretor da IN Jim Clapper, e há um forte consenso entre nós sobre o escopo, a natureza e a intenção da Rússia interferir na nossa eleições presidencial“, afirmou Brennan.

A revelação da mensagem reforça as evidências de que o FBI compartilha do posicionamento da CIA. Inicialmente, a policia federal americana se recusou a endossar a conclusão da CIA.

Desde as eleições, autoridades americanas suspeitam da participação dos russos na disputa entre  o republicano Donald Trump e a democrata Hillary Clinton. Em outubro, o governo dos Estados Unidos acusou formalmente a Rússia de uma campanha de ataques cibernéticos contra organizações do Partido Democrata para beneficiar Trump antes das eleições presidenciais de 8 de novembro.

Continua após a publicidade
Publicidade