Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fatah teria maior apoio que Hamas em eleição, aponta pesquisa

Jerusalém, 12 fev (EFE).- Ao menos 39% dos palestinos estão dispostos a apoiar o grupo nacionalista Fatah frente aos 30% que votariam em favor do movimento islamita Hamas se ocorressem eleições legislativas na Palestina, conforme pesquisa divulgada neste domingo pelo Centro Palestino de Opinião Pública.

O mesmo estudo aponta que 13% dos entrevistados garantem que votaria em uma lista de esquerda liderada pelo primeiro-ministro, Salam Fayyad, e apenas 3% optaria por candidatos independentes, enquanto 12% se absteriam de votar.

A suposta vitória do Fatah sobre o Hamas seria maior em eventuais eleições presidenciais se a estas se apresentassem o atual presidente palestino, o nacionalista Mahmoud Abbas, e o líder dos islamitas no exílio, Khaled Meshaal.

Abbas alcançaria o respaldo de 49,9% dos eleitores enquanto Meshaal atrairia só 18%.

A pesquisa mostra, além disso, que 43% dos palestinos acreditam que a ascensão do islamismo em outros países como Egito e Tunísia, após a queda dos líderes em protestos populares, será beneficente para Hamas e poderia ampliar suas opções nas próximas eleições.

Com relação ao processo de reconciliação entre as duas principais correntes políticas palestinas, 58% consideram ‘otimista’ esperar que ambos os grupos coloquem fim as diferenças e acabem com a divisão política.

Recentemente, as partes assinaram em Doha (Catar) acordo que reafirma o compromisso com o pacto de reconciliação assinado em maio no Cairo e acordaram a formação de um Executivo de tecnocratas liderado por Abbas que terá a incumbência de organizar as eleições parlamentares e o pleito presidencial.

Pelo acordo assinado na capital egípcia as eleições ocorreriam na Cisjordânia, Gaza e Jerusalém Oriental até maio, mas a Comissão Central Eleitoral indicou que não será possível organizar o pleito dentro do prazo, mas as mesmas devem sair ainda este ano. EFE