Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Falha de energia em refinaria da BP provoca alerta nos EUA

Alerta foi emitido aos moradores de Texas City depois que refinaria ficou sem eletricidade. Não há relatos de feridos

Por Da Redação 26 abr 2011, 09h38

Os habitantes de Texas City, no sul dos Estados Unidos, receberam a ordem para ficarem em casa e desligarem equipamentos como ar-condicionado na noite de segunda-feira, depois de falhas de energia registradas em uma refinaria de petróleo da British Petroleum (BP) e em uma usina da Dow Chemical, informaram as autoridades.

O diretor de gestão de emergências de Texas City, Bruce Clawson, informou que o alerta foi emitido aos residentes depois que a BP ficou sem eletricidade em todas as suas instalações, por volta das 23 horas de segunda-feira (1 hora de terça-feira, horário de Brasília). Ele acrescentou que não há notícias sobre pessoas feridas e que a usina da Dow Chemical foi fechada de forma segura. “Os hidrocarbonetos estão sendo queimados para que não explodam”, disse.

De uma estrada próxima, era possível ver ao menos nove colunas de fumaça, de acordo com o Galveston County Daily News, periódico que deu a notícia. A BP America disse, em um comunicado, que havia notificado imediatamente as autoridades depois do apagão e que ninguém ficou ferido no incidente. Nessa mesma usina, uma explosão em 2005 matou 15 trabalhadores e feriu outros 170.

Indenizações e multas – Em agosto passado, a BP concordou em pagar uma multa recorde de 50,6 milhões de dólares por violações à segurança nessa refinaria, que se somaram aos milhões pagos em multas e indenizações pelo vazamento gigantesco de petróleo na plataforma Deepwater Horizon, no Golfo do México.

A BP já havia pago de 1 bilhão a 2 bilhões de dólares em indenizações pela explosão na refinaria, além de uma soma recorde de 50 milhões de dólares por danos ambientais. A usina de Texas City é a maior refinaria da BP e tem uma capacidade de aproximadamente 460.000 barris de petróleo por dia. Lá, é processada uma ampla gama de produtos derivados do petróleo.

(Com agência France-Presse)


Continua após a publicidade
Publicidade