Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Facebook volta a publicar anúncios políticos nos EUA

Proibição no ano passado teve como objetivo evitar que a plataforma fosse usada para semear o caos e espalhar desinformação no país

Por Da Redação Atualizado em 3 mar 2021, 18h23 - Publicado em 3 mar 2021, 18h08

O Facebook anunciou nesta quarta-feira, 3, em uma publicação no seu blog, que vai suspender a proibição de anúncios políticos e sociais na rede, implantada após a eleição presidencial de 2020 nos Estados Unidos. Candidatos políticos, grupos e outros poderão colocar anúncios no Facebook e Instagram a partir de quinta-feira.

Restringir anúncios políticos após a eleição de novembro foi uma das várias medidas que o Facebook implementou no ano passado, na tentativa de garantir que sua plataforma não fosse usada para semear o caos e espalhar desinformação.

O Facebook suspendeu os anúncios políticos dos EUA quando as pesquisas foram encerradas em 3 de novembro. A plataforma disse na época que a proibição seria temporária, mas não havia definido uma data de término.

De acordo com uma publicação no blog da empresa, a medida foi tomada para evitar confusão ou abusos após o dia da eleição. “Ao contrário de outras plataformas, exigimos autorização e transparência não apenas para anúncios políticos e eleitorais, mas também para anúncios de questões sociais, e nossos sistemas não fazem distinção entre essas categorias”, diz a empresa.

O Facebook disse ainda ter recebido muitos comentários sobre a proibição. Como resultado, planejam usar os próximos meses para examinar mais de perto como os anúncios funcionam na plataforma e ver onde outras mudanças podem ser necessárias.

Continua após a publicidade
Publicidade