Clique e assine a partir de 9,90/mês

Explosão em fábrica de Bangladesh mata mais de 20 pessoas

"Havia cerca de 100 pessoas dentro do edifício quando o fogo irrompeu", disse um trabalhador que ajudava nos esforços de resgate

Por Da redação - 10 set 2016, 13h41

Uma explosão seguida de um incêndio em uma fábrica de empacotamento de alimentos e cigarros em Bangladesh matou pelo menos 23 pessoas e feriu dezenas neste sábado, no pior acidente industrial do país desde o colapso de um edifício em 2013, no qual mais de 1.100 pessoas morreram.

Representantes de equipes de emergência temem que o número de mortos possa aumentar, após um incêndio irromper na zona industrial de Tongi, a cerca de 20 quilômetros ao norte da capital Daca. Autoridades disseram que a explosão de uma caldeira desencadeou as chamas durante a manhã (horário local), num momento no qual trabalhadores se preparavam para mudar de turno. “Havia cerca de 100 pessoas dentro do edifício quando o fogo irrompeu”, disse a repórteres Mohammad Nayan, um trabalhador que ajudava nos esforços de resgate.

Leia também
Brasileiro de 12 anos está detido há 4 meses nos EUA
O que sabemos sobre o programa nuclear da Coreia do Norte

Mais de 20 equipes da brigada de incêndio trabalhavam para apagar o fogo na fábrica da Tampaco Foils. As chamas causaram o colapso parcial do prédio. “Não podemos confirmar se há pessoas dentro ou não, mas nossa prioridade é resgatá-las se houver alguém dentro”, disse à agência Reuters por telefone Mohammad Akhtaruzzaman, um bombeiro no local. Outro bombeiro disse que o fogo estava controlado, mas ainda havia chamas no prédio, o que impossibilitava as buscas.

Um gerente da Tampaco Foils disse não saber quantas pessoas estavam dentro da fábrica quando o fogo começou. “Agora meu único foco é em meus trabalhadores que estão feridos e naqueles que morreram. Vamos tomar conta deles”, disse Syed Mokbul Hossain, presidente da Tampaco e ex-congressista.

Continua após a publicidade

(Com agência Reuters)

Publicidade