Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Explosão deixa pelo menos 14 mortos em prédio da Pemex

Mais de 80 pessoas ficaram feridas e há dezenas presas no prédio da petrolífera

Por Da Redação - 31 jan 2013, 21h46

Uma explosão na sede da petrolífera estatal Pemex, na Cidade do México, deixou pelo menos 14 mortos e mais de 80 feridos nesta quinta-feira. Dezenas de pessoas ainda estão presas no subsolo do prédio.

A explosão ocorreu em um dos edifícios do complexo, que foi evacuado como medida preventiva, informou a Pemex por meio de uma mensagem no Twitter que menciona “uma falha no abastecimento de energia”. Em seguida, outra mensagem afirmou que “o que ocorreu foi uma explosão em um edifício do centro administrativo”. A imprensa mexicana fala em uma explosão de máquinas no porão do prédio de 54 andares. Ainda não há informação oficial sobre o que causou a explosão.

Imagens de TV mostraram janelas quebradas e helicópteros sobrevoando o prédio, que fica em uma movimentada área comercial perto do centro da cidade. O acidente ocorreu por volta das 16h, pelo horário local.

“O lugar balançou, perdemos a eletricidade e de repente havia destroços por toda parte. Colegas nos ajudaram a sair do prédio”, disse uma testemunha, citada pela rede BBC.

Publicidade

O presidente Enrique Peña Nieto lamentou as mortes no acidente e expressou sua solidariedade aos familiares. Por meio de sua conta no Twitter, disse ainda que “a prioridade neste momento é atender os feridos e assegurar a integridade física dos que trabalham no local”. “Determinei às autoridades correspondentes que sejam implementados os protocolos de resgate e a investigação dos fatos”.

Em setembro do ano passado, 30 pessoas morreram em uma explosão em uma usina de gás da estatal no norte do México, perto da fronteira com os Estados Unidos.

(Com agência Reuters)

Publicidade