Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Explosão deixa ao menos 17 mortos em base militar próxima a Teerã

Equipes de resgate tiveram dificuldades para chegar ao local e atender vítimas

Por Da Redação 12 nov 2011, 08h54

Uma forte explosão foi registrada neste sábado, por volta das 13h30 locais (8h30 de Brasília), em uma base militar de Bidgoneh, situada cerca de 45 quilômetros a oeste de Teerã. A agência local de notícias Ilna ouviu o chefe do Departamento de Relações Públicas da Guarda Revolucionária, general Ramazan Sharif, e afirma que pelo menos 17 pessoas morreram e várias ficaram feridas, algumas em estado grave. Ligado ao líder de oposição Mir Hossein Mousavi, o site kaleme.com diz que o número de mortos pode chegar a 40.

As cidades de Malard e Shahriar foram as mais afetadas pela explosão. Forças Armadas, polícia, bombeiros, serviços de emergências de Teerã e Alborz, além do Crescente Vermelho iraniano, enviaram equipes de resgate e assistência ao local. Os trabalhos atrasaram devido ao risco de mais explosões. As chamas ainda não foram totalmente controladas e sai muita fumaça das instalações militares. Só por volta das 16h locais (10h30 de Brasília), os helicópteros puderam começar a atuar e remover os feridos, enquanto as ambulâncias enfrentaram problemas de acesso devido ao congestionamento na região e nas vias que levam ao local. (Com agências EFE e France-Presse)

Publicidade