Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Explosão de caminhão-bomba mata 215 na Somália

A explosão ocorreu dois dias depois de o ministro da Defesa e do chefe do exército do país renunciarem. O alvo era um hotel no distrito de Hodan

Um ataque de um caminhão-bomba matou 215 pessoas e deixou mais de 350 feridas no centro de Mogadiscio, na capital da Somália, segundo informações da polícia neste sábado. Aparentemente, a explosão tinha como alvo um hotel em uma rua movimentada no distrito de Hodan. Forças de segurança estavam rastreando o caminhão, que havia levantado suspeitas, disse o capitão da polícia Mohamed Hussein.

Segundo as autoridades locais, pessoas estavam presas nos escombros do Safari Hotel, que ficou destruído na explosão, e equipes de resgate seguiam trabalhando no local. O hotel fica perto do Ministério do Exterior da Somália. Até o momento, ninguém reivindicou a autoria do ataque.

O grupo extremista al-Shabab, sediado na Somália, recentemente intensificou os ataques contra bases do exército em todo o sul e centro da Somália e muitas vezes almeja áreas de alto perfil de Mogadiscio.

A explosão ocorreu dois dias após um encontro entre o chefe do Comando dos EUA na África e o presidente da Somália e também dois dias depois do ministro da Defesa e do chefe do exército do país renunciarem por motivos não revelados.

Neste ano, militares norte-americanos intensificaram ataques de drone e outros esforços contra o al-Shabab na Somália.

(Com Estadão Conteúdo e EFE)