Clique e assine com 88% de desconto

Exames confirmam 44 novos casos de coronavírus a bordo de navio no Japão

Novos infectados elevam o número total para 218 dentro da embarcação que está atracada no porto de Yokohama desde 3 de fevereiro

Por Da Redação - Atualizado em 13 fev 2020, 03h11 - Publicado em 13 fev 2020, 03h06

Exames laboratoriais confirmaram 44 novos casos de contaminação com COVID-19, nome dado ao novo coronavírus, entre pessoas em quarentena a bordo de um cruzeiro de luxo na costa do Japão, anunciou nesta quinta-feira, 13, o ministro da Saúde japonês, Katsunobu Kato. Entre os novos infectados, 43 são passageiros e um é membro da tripulação do navio.

Kato informou que foram realizados 221 novos exames de laboratório entre os passageiros do Diamond Princess, sendo que 44 foram diagnosticados com o vírus, elevando a 218 o número de casos de contaminação nessa embarcação que está ancorada no porto de Yokohama, ao sul de Tóquio.

‘Prisão flutuante’

O Diamond Princess está em quarentena desde que chegou à costa japonesa no dia 3 de fevereiro, após o vírus ser detectado em um passageiro que desceu do navio no mês passado em Hong Kong.

Publicidade

Quando o barco chegou ao Japão, as autoridades examinaram inicialmente cerca de 300 das 3.711 pessoas a bordo, levando em seguida para hospitais da região aquelas portadoras do vírus.

Nos últimos dias, os exames passaram a ser realizados naqueles com novos sintomas ou que tiveram contato próximo com outros passageiros ou tripulantes infectados.

Os que permanecem no navio foram orientados a permanecer dentro de suas cabines, com permissão apenas para circular brevemente nas áreas abertas, utilizando máscaras de proteção e mantendo distância de outras pessoas.

Além disso, passageiros e tripulantes receberam termômetros para monitorar a temperatura do corpo. A previsão é que a embarcação siga em quarentena até o dia 19 de fevereiro, 14 dias após o início do período de isolamento.

Publicidade

(com AFP)

Publicidade