Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ex-ministro do Interior da Costa do Marfim morre após invasão

Morte é consequência de ferimentos sofridos após ação militar das tropas de Ouattara

Morreu, nesta terça-feira, Desiré Tagro, ministro do Interior da Costa do Marfim do governo Gbagbo, em decorrência de ferimentos ocorridos durante a operação das tropas leais a Alassane Ouattara, com o apoio da ONU e da França.

Foi dito anteriormente que a invasão das tropas de Ouattara havia sido pacífica, com o único objetivo de deter Gbagbo, que até segunda-feira se recusava a entregar o poder ao presidente eleito democraticamente. A morte de Tagro sugere que a invasão tenha sido mais violenta do que era sabido até então.

Segundo emissoras locais, o ex-ministro foi agredido fisicamente e, quando já estava gravemente ferido, foi levado ao Hospital Pisam, em Abidjan, por forças da Missão de Paz das Nações Unidas. Ele morreu no hospital.

Fim – Na segunda-feira, algumas horas depois de ser detido, Laurent Gbagbo disse, em entrevista a uma emissora de TV, que pediu às tropas leais a ele que “parem com as armas”. Porém, ainda nesta terça, foram ouvidos tiros em Abidjan.