Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ex-governador é condenado por tentar vender cadeira de Obama no Senado

Washington, 7 dez (EFE).- O ex-governador de Illinois, Rod Blagojevich, foi condenado nesta quarta-feira a 14 anos de prisão por vários crimes de corrupção, inclusive a tentativa de leiloar o assento deixado vago no Senado pelo presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

A condenação, anunciada pelo juiz James Zagel em Chicago, declarou Blagojevich culpado de 18 acusações. O ex-governador, que completará 55 anos no próximo sábado, terá que cumprir pelo menos 12 dos 14 anos da pena, segundo a regulação federal.

Após ser emitida a sentença, Blagojevich pediu clemência e perdão pelos delitos cometidos.

‘Nunca quis quebrar a lei. O júri decidiu que sou culpado e aceito isso. Não há ninguém mais a quem culpar, salvo a mim mesmo, pela minha estupidez e pelas coisas que fiz e pensei que podia fazer’, confessou Blagojevich.

Blagojevich renunciou em 2009 em meio a acusações de que tinha tentado se beneficiar em troca de designar a pessoa que substituiria Obama no Senado por Illinois, além de ser acusado de solicitar subornos, fraude postal e outras acusações de corrupção.

Deste modo, Blagojevich se torna o segundo ex-governador consecutivo de Illinois a ser condenado à prisão, e no quarto das últimas quatro décadas.

Seu antecessor, o republicano George Ryan, cumpre uma condenação de seis anos e meio, também por corrupção.

A condenação anunciada hoje por Zagel é uma das mais duras emitidas na história americana por um delito deste tipo. EFE