Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Ex-assessora chama Melania Trump de ‘Maria Antonieta’ em novo livro

Stephanie Grisham está prestes a lançar um livro sobre os bastidores de seu período na Casa Branca, entre 2017 e 2021

Por Matheus Deccache Atualizado em 13 set 2021, 18h19 - Publicado em 13 set 2021, 16h53

A ex-primeira-dama dos Estados Unidos, Melania Trump, foi comparada com a rainha francesa Maria Antonieta, morta durante a Revolução Francesa, por sua ex-assessora Stephanie Grisham. A ex-funcionária está prestes a lançar um livro sobre o seu período na Casa Branca.

De acordo com Grisham, Melania recusou uma sugestão do chefe de gabinete para condenar os manifestantes que invadiram o Capitólio no dia 6 de janeiro, além de acreditar na mentira contada por Donald Trump de que a derrota nas eleições de 2020 foi resultado de fraude eleitoral. 

Segundo com o site Politico, que teve acesso antecipado ao livro, enquanto os apoiadores de Trump forçavam a entrada no prédio, Grisham enviou uma mensagem à ex-primeira-dama perguntando se ela gostaria de se pronunciar a respeito dos atos, reforçando que não há lugar nos Estados Unidos para ilegalidade e violência. 

Como resposta, Melania disse apenas que não, estando mais preocupada em preparar uma sessão de fotos. Além disso, ela se recusou a ligar para Jill Biden, esposa do atual presidente Joe Biden, para a preparação do chá de inauguração tradicional, uma vez que acreditava que a vitória era ilegítima. 

Melania teria dito ainda que “algo ruim aconteceu” e se recusava a ouvir a explicação de que não havia ocorrido nenhuma fraude eleitoral. Algumas horas após os acontecimentos, Grisham pediu demissão.

“A intenção por trás deste livro é óbvia. É uma tentativa de se redimir após um péssimo trabalho como secretária de imprensa e comportamento não profissional na Casa Branca. Por meio da mentira e da traição, ela tenta ganhar relevância e dinheiro às custas da Sra. Trump”, disse Melania em nota. 

Uma fonte disse ao Politico que Stephanie Grisham agitou um ninho de vespas e que verdades virão desagradáveis virão à tona, inclusive a respeito do genro e conselheiro-chefe de Trump, Jared Kushner, e do último chefe de gabinete do ex-presidente, Mark Meadows. 

“Há segredos sobre Donald Trump que nem mesmo a primeira-dama sabe. E eles estarão nesse livro”, disse a fonte.

VEJA RECOMENDA | Conheça a lista dos livros mais vendidos da revista e nossas indicações especiais para você.

Continua após a publicidade
Publicidade