Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

EUA vão investir US$ 40 mi em consulados no Brasil

Durante visita de Dilma a Obama, foi anunciada abertura de novos consulados

Por Da Redação - 9 abr 2012, 16h31

O Departamento de Estado americano vai investir cerca de 40 milhões de dólares em 2012 para reformar e expandir a embaixada e os consulados atuais no Brasil, em São Paulo, Rio de Janeiro e Recife, informou nesta segunda-feira o governo dos EUA durante a visita da presidente Dilma Rousseff a Barack Obama. Pouco antes, os Estados Unidos anunciaram outro investimento diplomático no Brasil: a abertura de dois novos consulados, em Belo Horizonte e em Porto Alegre.

Leia também:

Leia também: EUA e Brasil chegam a acordo para proteger bourbon e cachaça

facilitação de um maior fluxo turístico entre Estados Unidos e Brasil

Publicidade

Durante a conversa, Obama lembrou que, este ano, a capacidade dos Estados Unidos de processar vistos no Brasil deve ser ampliada em 40%, mais um indicativo do crescente interesse de cooperação entre os dois países.

Os dois também determinaram a criação de novo Diálogo de Cooperação de Defesa entre seus ministros. O passo faz parte da formação da Parceria Estados Unidos-Brasil para o Século XXI. Portanto, ficou acertado que o Secretário de Defesa americano Leon Panetta visitará Brasil em 24 de abril para conversar com Celso Amorim sobre Diálogo de Cooperação em Defesa EUA-Brasil.

Obama reafirmou seu apreço à aspiração do Brasil de tornar-se membro permanente do Conselho de Segurança e reconheceu as responsabilidades globais assumidas pelo Brasil. O presidente americano ainda fez elogios a Dilma. “Sinto-me afortunado de ter uma parceira tão capaz e perspicaz como a presidente Rousseff”, afirmou o presidente americano. “A boa notícia é que a relação Brasil-EUA nunca foi tão forte, mas sempre há melhorias que podemos fazer”, completou.

Publicidade