Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA: Senador acusado de abuso cancela presença em Feira do Livro

O anúncio aconteceu um dia depois de a apresentadora de rádio e modelo Leeann Tweeden ter denunciado Franken por abuso em 2006

Um senador do Partido Democrata dos Estados Unidos, Al Franken, cancelou nesta sexta-feira sua participação que estava prevista para o próximo domingo na Feira do Livro de Miami, onde apresentaria seu texto biográfico “Al Franken, Gigante do Senado”.

Franken, um ex-comediante famoso, fecharia a 34ª edição da Feira de Miami com sua mais recente publicação na qual reúne “alguns dos mais dramáticos e/ou hilariantes momentos de sua nova carreira política”, de acordo com a organização da feira.

O anúncio aconteceu um dia depois de a apresentadora de rádio e modelo Leeann Tweeden ter denunciado Franken por abuso em 2006. Ela o acusou de “beijá-la à força”, sem o seu consentimento, e de apalpar seus seios enquanto dormia, uma revelação pela qual o legislador se desculpou.

Veja também

“Ele me beijou à força, sem o meu consentimento, apalpou meus seios enquanto eu dormia e fez com que alguém tirasse uma foto, sabendo que eu a veria”, afirmou Leeann Tweeden na quinta-feira em artigo publicado no blog da rádio para a qual trabalha em Los Angeles, “KABC”.

Franken, que pediu para ser investigado pela denúncia no Comitê de Ética do Senado, esteve junto com a denunciante em uma viagem para entreter as tropas americanas no Oriente Médio. A feira não programou um substituto para ocupar o lugar de Franken, disse à Efe o porta-voz do evento, Juan Mendieta.

O anúncio em Miami se uniu ao cancelamento de outra participação do senador num festival do livro em Atlanta (Geórgia), na qual estava programado para fazer nesta segunda-feira uma apresentação de sua publicação.