Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

EUA rejeitam legalização de assentamentos israelenses

Por Avi Ohayon Gpo 12 out 2011, 21h09

Os Estados Unidos rejeitam a legalização por parte de Israel dos assentamentos construídos sem autorização em terras palestinas, declarou nesta quarta-feira o departamento americano de Estado.

Esta iniciativa não ajuda “nossos esforços de paz e contraria os compromissos e as obrigações de Israel”, destacou a diplomacia americana em seu comunicado.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu confirmou na terça-feira que estuda meios jurídicos para legalizar as colônias sem permissão.

Netanyahu está submetido a intensa pressão dos colonos e da ala direita de sua coalizão após a demolição de três residências em setembro passado, na colônia ilegal de Migron, na região de Ramallah, na Cisjordânia.

“Os Estados Unidos rejeitam qualquer esforço para legalizar este tipo de colonização” ilegal, destaca o comunicado do departamento de Estado, advertindo para o risco que representa no processo de paz entre Israel e os palestinos.

“Apelamos novamente às partes para que ajam de forma construtiva visando promover a paz e evitar ações que compliquem este processo”.

Washington renova seu apelo à retomada das negociações sob o patrocínio do Quarteto para o Oriente Médio (Estados Unidos, União Europeia, ONU e Rússia), que propôs a data de 23 de outubro para discussões preliminares entre as partes.

Continua após a publicidade

Publicidade