Clique e assine a partir de 9,90/mês

EUA: preso suspeito de ser atirador de desfile do Dia das Mães

Akein Scott, de 19 anos, foi capturado após as imagens de uma câmera de segurança divulgarem o rosto do atirador que feriu 19 pessoas

Por Da Redação - 16 May 2013, 14h16

A polícia de Nova Orleans anunciou nesta quarta-feira a prisão de um homem suspeito de envolvimento no ataque que feriu 19 pessoas durante um desfile do Dia das Mães na cidade localizada ao sul dos Estados Unidos, no domingo. Akein Scott, de 19 anos, foi detido nesta quarta-feira, no bairro de Little Wood, na zona leste do município, segundo o porta-voz oficial da polícia, Garry Flot.

As autoridades identificaram Scott como um dos suspeitos após a divulgação de imagens de uma câmera de segurança, na última segunda-feira. Uma recompensa de 10 mil dólares também foi estabelecida para premiar qualquer pessoa que tivesse informações sobre o paradeiro do atirador. A polícia, contudo, não revelou como o suspeito foi detido.

O caso – O ataque começou na última parte do desfile, em que pessoas que oficialmente não fazem parte dele seguem o grupo principal. Pelo menos 200 pessoas integravam esse grupo. Entre os feridos, estão dez homens, sete mulheres, duas crianças de 10 anos e uma pessoa que caiu durante a confusão. Três vítimas do ataque permanecem internadas em estado crítico ou estável.

O motivo ainda é desconhecido, mas o FBI descartou que o crime foi um ato terrorista. Segundo informou a rede americana CNN, uma porta-voz do órgão disse que o incidente é fruto da violência das ruas. No ranking nacional de violência feito pelo FBI, Nova Orleans está em primeiro lugar e o assunto é o que mais preocupa os residentes, de acordo com uma enquete feita em 2010.

Continua após a publicidade

(Com agência Reuters)

Publicidade