Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

EUA preparam novo pacote de US$ 1 bilhão em ajuda militar para a Ucrânia

De acordo com agência de notícias, novo pacote será aprovado já na próxima semana e se somará aos mais de US$ 8,8 bilhões em auxílio desde início da guerra

Por Matheus Deccache 5 ago 2022, 18h27

O governo dos Estados Unidos está preparando um pacote de assistência para a Ucrânia no valor de um bilhão de dólares que irá incluir munições para armas de longo alcance e veículos blindados de transporte médico, relatou nesta sexta-feira, 5, a agência de notícias Reuters. 

De acordo com as fontes ouvidas, é esperado que o pacote seja anunciado já na próxima segunda-feira, 8. O auxílio será somado aos 8,8 bilhões de dólares em ajuda que os americanos já forneceram à Ucrânia desde o início da guerra, em 24 de fevereiro. No entanto, o auxílio ainda não foi assinado pelo presidente Joe Biden e, até lá, os pacotes podem mudar de valor e conteúdo. 

+ Rússia acusa EUA de envolvimento direto na guerra da Ucrânia

No esboço final, avaliado inicialmente em um bilhão de dólares, estão incluídos munição para os HIMARS, uma unidade móvel capaz de lançar simultaneamente vários mísseis guiados com alta precisão, e para o sistema de mísseis terra-ar NASAMS e até 50 transportes médicos blindados M113.

O novo pacote segue uma diretriz recente aprovada pelo Pentágono que permite que ucranianos feridos em combate possam receber tratamento médico em um hospital militar dos Estados Unidos na Alemanha. Além dele, uma outra ajuda no valor de 550 milhões de dólares foi aprovada na última segunda-feira, 1, que já incluía munição adicional para os HIMARS.

A unidade móvel desempenha um papel fundamental no duelo de artilharia entre a Ucrânia e a Rússia, uma vez que permite aos ucranianos atingirem alvos atrás da linha de frente russa, mirando em depósitos de comida e armamento. Até o momento, Washington já enviou 16 veículos deste tipo e, em 1º de julho, se comprometeram a enviar dois sistemas de mísseis terra-ar NASAMS.

Além da importância dos itens ofensivos, os veículos blindados médicos podem tornar a luta com a Rússia mais viável para as tropas ucranianas, que poderiam ser enviadas à Alemanha para tratamento médico adicional. Em junho, o governo ucraniano afirmou que cerca de 100 a 200 soldados estavam sendo mortos diariamente.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)