Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

EUA: Pessoas vacinadas não precisam usar máscara em locais fechados

Nova diretriz do CDC diz ainda que imunizados com duas doses no país não precisam mais seguir distanciamento social na maior parte dos lugares

Por Julia Braun Atualizado em 13 Maio 2021, 16h02 - Publicado em 13 Maio 2021, 15h45

O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC) divulgou nesta quinta-feira, 13, uma nova orientação para americanos vacinados com as duas doses: não será mais necessário o uso de máscaras ou o distanciamento em locais fechados na maior parte dos casos.

A recomendação vem cerca de duas semanas depois de uma primeira diretriz permitir o fim do uso de máscara em locais abertos ou em pequenas reuniões com amigos e familiares. A mudança abre caminho para uma abertura total da sociedade americana após um longo período de medidas restritivas.

Mais de 117 milhões de americanos já estão totalmente vacinados, o que representa 35% da população. “A ciência é clara: se você estiver totalmente vacinado, estará protegido e poderá começar a fazer as coisas que parou por causa da pandemia”, afirmou o CDC em um comunicado.

O relaxamento não se aplica a aviões, ônibus, trens e outros meios de transporte público. O uso de máscara e o distanciamento também segue obrigatório em estabelecimentos de saúde, como hospitais, consultórios médicos e asilos. Em prisões e abrigos de moradores de rua a proteção também continuará sendo utilizada.

As autoridades do CDC também observaram que alguns ambientes fechados privados ainda podem exigir máscaras se assim desejarem. Eles disseram ainda que pessoas que têm o sistema imunológico comprometido devem consultar seus médicos antes de abandonarem as máscaras.

“Este é um dia que ficará marcado como uma verdadeira virada na pandemia nos Estados Unidos”, disse Richard Besser, ex-diretor interino do CDC e presidente e executivo-chefe da Fundação Robert Wood Johnson ao jornal The Washington Post. Além da nova diretriz, os EUA também começaram a vacinar nesta quinta adolescentes entre 12 e 15 anos com a vacina da Pfizer.

Continua após a publicidade
Publicidade