Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA manifestam à Argentina preocupação sobre caso YPF

Governo diz que ação de Buenos Aires afeta negativamente clima para negócios

O governo dos Estados Unidos confirmou nesta quinta-feira que entrou em contato com o governo da Argentina para expressar sua preocupação sobre a decisão de o país expropriar 51% do capital da companhia petrolífera YPF, controlada pelo grupo espanhol Repsol. “Esse tipo de ação pode tornar adverso o clima para investimentos”, ressaltou o porta-voz.

O contato aconteceu por meio da embaixada americana em Buenos Aires, disse o porta-voz adjunto do Departamento de Estado, Mark Toner, em entrevista coletiva.

Leia também:

Leia também: ‘Quando atacam a Espanha, atacam a UE’, diz bloco

Apoio – Nesta quinta-feira, o ministro espanhol de Relações Exteriores, José Manuel García-Margallo, conversou em Bruxelas sobre o assunto com a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, que lhe expressou a oposição de Washington à medida do governo da Argentina.

Em declarações à imprensa após o encontro, García-Margallo afirmou que Hillary lhe ofereceu apoio para tentar convencer o governo argentino a alterar a medida.

Segundo o ministro espanhol, a secretária de Estado classificou a nacionalização da YPF como uma violação do direito.

(Com agência EFE)