Clique e assine com 88% de desconto

EUA: homem vestido de Coringa é preso perto de cinema

Christopher Sides, de 21 anos, apresentava ‘comportamento suspeito’

Por Da Redação - 6 set 2012, 12h20

Um homem vestido de Coringa, um dos vilões mais famosos das histórias em quadrinhos de Batman, foi preso próximo a um cinema na cidade de Melbourne, na Flórida (Estados Unidos), informou nesta quinta-feira a rede CNN. Segundo a polícia local, o homem foi detido depois que uma pessoa denunciou um “comportamento suspeito”.

Christopher Sides, de 21 anos, usava jaqueta de couro, botas e maquiagem do Coringa, além de ter os cabelos tingidos de rosa. Os policiais descobriram um pedido de prisão por não comparecimento a uma audiência devido a uma infração leve e o levaram sob custódia. Ele foi detido quando saía do cinema na manhã de quarta-feira, depois de passar um tempo andando de um lado para o outro na porta do estabelecimento.

Mais tarde, a mãe de Sides saiu em defesa do filho, dizendo que ele sofre de problemas mentais e tem fixação por maquiagens. “Foi uma ideia errada aparecer no cinema com maquiagem, mas nenhuma lei foi desrespeitada. Eu entendo o que aconteceu no Colorado, mas só porque as pessoas usam maquiagem do Coringa não quer dizer que elas sejam assassinos em massa”, disse Rebecca Sides ao jornal Florida Today.

O incidente aconteceu quase dois meses após James Holmes matar 12 pessoas na estreia de Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge em um cinema no estado de Colorado. Ele abriu fogo contra o público durante o filme e, ao ser preso, afirmou ser o coringa. Holmes também tinha cabelos com tom rosado, apesar de ele tê-los tingido de laranja. Seu advogado afirma que ele tem uma doença mental.

Publicidade