Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

EUA estudam como exigir prova de vacinação de visitantes estrangeiros

Governo americano trabalha na elaboração de plano em fases para começar a relaxar restrições de viagens

Por Da Redação 5 ago 2021, 11h03

Os Estados Unidos estão estudando uma forma de abrir as fronteiras para viajantes estrangeiros. Um funcionário do governo americano confirmou à agência Reuters na quarta-feira que poderá exigir prova de vacinação completa contra a Covid-19 para quem chega ao país. O aumento de casos da doença e o alastramento da variante delta, no entanto, fazem com que a Casa Branca atue com cautela.

Grupos de diferentes agências americanas estão trabalhando para elaborar um novo sistema a fim de que as fronteiras dos EUA possam ser reabertas. Segundo a autoridade americana, o projeto será implantado por fases, com restrições para alguns países. Na última etapa, espera-se que todos os viajantes apresentem comprovação de que estão totalmente imunizados.

No mês passado, a Reuters informou que a Casa Branca estava avaliando exigir que os visitantes estrangeiros fossem vacinados, como parte das discussões sobre como flexibilizar as restrições de viagem. A autoridade ouvida acrescentou que “os grupos de trabalho estão desenvolvendo um processo de planejamento para quando chegar o momento certo de transição para esse novo sistema”.

Alguns países, incluindo o Canadá e Reino Unido, estão relaxando ou suspendendo as restrições para viagens de americanos vacinados. A Casa Branca tem mantido discussões com companhias aéreas e outros segmentos sobre como implementaria uma política de exigência de vacinas para visitantes estrangeiros.

Com Agência Brasil

Continua após a publicidade
Publicidade