Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA emitem alerta vermelho para erupção de vulcão no Havaí

Cerca de 1700 pessoas já tiveram de deixar as suas casas e muitas ainda poderão ser obrigadas a sair sem aviso prévio

O Serviço Geológico dos Estados Unidos elevou nesta quarta-feira para alerta vermelho o nível de erupção do vulcão Kilauea, no Havaí, que na última semana provocou a saída de centenas de pessoas de seus lares.

O alerta vermelho significa que “uma grande erupção vulcânica é iminente, está acontecendo ou se presume”. De acordo com o serviço geológico, “a erupção das cinzas aumentou sua intensidade” desde a manhã de terça-feira, lançando nuvens de cinza entre 3.000 e 3.600 metros acima do nível do mar.

Embora a atividade do vulcão Kilauea permaneça “muito variável”, “a qualquer momento pode voltar mais explosiva, aumentado a intensidade de produção de cinza e produzindo projéteis”.

As autoridades locais alertaram aos moradores próximos ao vulcão que estejam preparados para deixarem suas casas em um curto período de tempo ou imediatamente sem aviso prévio. Por enquanto, as 1.700 pessoas que já tiveram de deixar as suas casas.

Lava e gás tóxico

A lava que emerge de grandes fendas no solo nos arredores do vulcão em erupção tem ameaçado rodovias que servem como rotas de fuga. Na segunda-feira, a lava de uma grande fissura invadiu terras de cultivo seguindo rumo a uma estrada de terra litorânea que é uma das últimas opções de saída para cerca de 2.000 moradores do sudeste da maior ilha do Havaí.

Fontes de magma jorraram “bombas de lava” a mais de 30 metros de altura, enquanto rocha derretida se espalhava em direção à rodovia costeira 137, informou o Observatório de Vulcões do Havaí. Acredita-se que mais fendas ainda deverão se abrir.

Os níveis de gás tóxico também têm sido um problema. Alertas foram enviados aos moradores para se protegerem dos altos níveis de dióxido de enxofre, um gás letal se inalado em grandes quantidades, e que tem se espalhado com o vento.

O vulcão entrou em erupção no último dia 3. Desde então, cerca de vinte fendas se abriram, dezenas de casas foram destruídas e houve tremores com mais de 5,0 graus.

O vulcão está localizado no sudeste da ilha de Havaí, onde vivem cerca de 185.000 pessoas.

(Com EFE e Reuters)