Clique e assine a partir de 8,90/mês

EUA e Coreia do Sul decidem implantar sistema de defesa contra mísseis da Coreia do Norte

Os departamentos de Defesa dos dois países divulgaram que o sistema ficará instalado na Coreia do Sul e será de uso exclusivo para combater ameaças norte-coreanas

Por Da Redação - 8 jul 2016, 12h31

Os governos dos Estados Unidos e da Coreia do Sul anunciaram nesta sexta-feira que vão implantar em parceria um sistema de escudo antimísseis, após ameaças crescentes da Coreia do Norte por meio de testes de armamentos.

O sistema, chamado de THAAD (Terminal High Altitude Area Defense), será utilizado exclusivamente para combater a ameaça de Pyongyang, se assim for necessário, afirmaram os ministérios da Defesa dos dois países, em comunicado conjunto. Americanos e chineses começaram a discutir a instalação do equipamento pouco depois de a Coreia do Norte ter disparado um míssil de longo alcance em operação de teste, ainda em fevereiro.

Leia também:

Coreia do Norte afirma que sanções dos EUA contra Kim Jong-un são declaração de guerra

EUA sancionam Kim Jong-un por violações dos direitos humanos

Coreia do Norte considera novo lançamento de míssil “um sucesso”

O novo sistema desagrada não só ao país do ditador Kim Jong-un, mas também à Rússia e à China, principal aliada de Pyongyang, que reprovam a presença militar de Washington na região. O Ministério do Exterior chinês informou hoje que já convocou seus embaixadores americano e sul-coreano para reclamar da implantação do THAAD. Já os representantes russos declararam que o projeto “atenta contra o equilíbrio da região”. “Esperamos que nossos sócios evitem executar ações que poderiam ter consequências irreparáveis”, afirmou o Ministério das Relações Exteriores em comunicado.

(Com AFP)

Continua após a publicidade
Publicidade