Clique e assine com 88% de desconto

EUA e Canadá interceptam aeronaves russas

Ação aconteceu nesta quarta e quinta-feira, mas o comando militar americano só informou hoje as interceptações de caças Mig e aviões de abastecimento

Por Da Redação - 19 set 2014, 22h13

Caças dos Estados Unidos e Canadá interceptaram aviões russos que estavam voando perto do espaço aéreo americano e canadense nesta semana, disse um porta-voz militar nesta sexta-feira. Os EUA e a Rússia estão atravessando o momento mais tenso nas suas relações desde a Guerra Fria por causa dos conflitos no leste da Ucrânia, onde separatistas apoiados pelos russos vêm lutando pelo controle de partes da ex-república soviética.

Na quarta-feira, seis aeronaves da Rússia entraram na zona de identificação da defesa aérea dos Estados Unidos (Adiz, na sigla em inglês), uma área além do espaço aéreo soberano dos Estados Unidos, de acordo com um comunicado do comando aeroespacial dos EUA e do Canadá. Em resposta, “dois aviões caça F-22 identificaram e interceptaram dois tanques russos IL-78 de reabastecimento, dois aviões russos de combate Mig-31 e dois bombardeiros Russian Bear de longo alcance no Adiz, oeste do Alasca”, informa o comunicado.

Leia também

Kiev recomenda prontidão do Exército para batalha, apesar da trégua

Publicidade

EUA aprovam sanções contra o maior banco da Rússia

Obama está cético quanto ao cessar-fogo na Ucrânia

O presidente ucraniano, Petro Poroshenko, garantiu mais de 50 milhões de dólares (116 milhões de reais) em assistência dos Estados Unidos durante visita a Washington esta semana, mas não conseguiu armamento dos EUA para seus soldados poderem usar no combate aos separatistas. Poroshenko também visitou o Canadá esta semana e recebeu ajuda na forma de 182 milhões de dólares (424 milhões de reais) em um empréstimo de cinco anos.

(Com agência Reuters)

Publicidade