Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

EUA descobrem túnel clandestino entre Tijuana e San Diego

Não foi a primeira vez que agentes americanos encontram passagem clandestina na região

Por Da Redação - 31 out 2013, 06h43

A polícia americana informou nesta quinta-feira a descoberta de um túnel “altamente sofisticado” sob a fronteira entre Tijuana, no México, e San Diego, nos EUA. A obra, recentemente concluída, não estava sendo utilizada, mas a polícia concluiu que o túnel seria usado para traficar drogas do México para os EUA. “Nós fomos capazes de fechá-lo antes de sua utilização”, disse Virginia Kice à CNN, porta-voz dos agentes americanos de controle de fronteira. Os agentes americanos não deram detalhes sobre a extensão do túnel.

A descoberta foi feita após suspeitas da Força de Combate às Drogas (DEA, na sigla em inglês), que já tinha encontrado uma obra semelhante – um túnel de 600 jardas (cerca de 540 metros), que tinha iluminação e um sistema de trilhos, foi encontrado na mesma região em novembro de 2010.

Leia também

Líder do cartel mais violento do México é preso

Publicidade

O túnel de 2010 ligava um armazém de Tijuana a um depósito na área de Otay Mesa, já no lado americano da fronteira, uma área industrial de San Diego. Cerca de 30 toneladas de maconha foram encontradas na operação.

No México, cartéis de drogas que atuam na fronteira tornaram-se muito poderosos nos últimos anos e vêm diversificando suas tentativas de traficar entorpecentes para os EUA. Muitas comunidades mexicanas em as áreas ao longo da fronteira são marcadas pela violência desses cartéis.

Publicidade