Clique e assine a partir de 9,90/mês

EUA comemoram libertação de presos em Mianmar

Por Soe Than Win - 13 jan 2012, 15h02

O presidente americano, Barack Obama, comemorou nesta sexta-feira a libertação de presos políticos em Mianmar como “um passo substancial” para a democracia neste país, enquanto a secretária de Estado Hillary Clinton anunciou o início do processo para a troca de embaixadores.

“A decisão do presidente Hein Sein de libertar centenas de presos de consciência é um passo substancial para a reforma democrática”, disse Obama em declaração escrita.

Hillary disse que os Estados Unidos iniciarão o processo para o intercâmbio de embaixadores com Mianmar depois das reformas empreendidas pelo novo regime.

“Em consultas com membros do Congresso depois das diretrizes do presidente Obama, começaremos o processo para trocar embaixadores com Mianmar”, disse Clinton.

Mianmar libertou nesta sexta-feira vários presos políticos da primeira linha, anistia reivindicada repetidamente pelos países ocidentais como prova da sinceridade das reformas do novo regime e comemorada de imediato pela oposição.

Continua após a publicidade
Publicidade