Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estupro coletivo na Suécia é transmitido ao vivo pelo Facebook

Três jovens foram presos pelo crime após denúncias de usuários da rede social

Três homens acusados de estuprarem uma jovem na Suécia e transmitirem o crime ao vivo pelo Facebook foram presos nesta segunda-feira, informou a polícia local. O ato aconteceu no domingo, na cidade Uppsala, 70 quilômetros ao norte da capital do país, Estocolmo.

Os três suspeitos, nascidos entre 1992 e 1998, foram presos pela manhã em um apartamento, quando ainda estavam com a vítima, de 18 anos, graças a denúncias de usuários do Facebook. Quando a polícia chegou ao local, o vídeo ao vivo ainda estava em transmissão em um grupo fechado com cerca de 10.000 membros.

Josefine Lundgren foi uma das primeiras a alertar as autoridades. Segundo ela, o suspeito de 24 anos, considerado pela polícia como principal autor do crime, “arrancou as roupas” de sua vítima antes de estuprá-la e estava com uma arma. Segundo Lundgren, pelo menos sessenta pessoas estavam assistindo à transmissão e havia comentários de apoio, incluindo um escrito “três contra uma”, seguido de risadas.

Em entrevista coletiva, os investigadores pediram que qualquer pessoa que tenha salvado as imagens da agressão entregue o material à polícia. O vídeo não está mais disponível na rede social, porém, não ficou claro se foi apagado pelas autoridades ou pelo próprio Facebook. “Temos algumas imagens e vídeos, mas não temos fragmentos que mostrem a agressão em si”, disse o vice-procurador em Uppsala, Magnus Berggren.

(Com AFP)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. José Borges

    Como vocês conseguem fazer uma reportagem como essa sem descrever os criminosos? Parecem estar, propositadamente, escondendo algo do público. E esconder algo do público não é jornalismo, é mera fofoquinha de comadres ou, no pior dos casos, censura. Voltem a ser jornalistas, exponham todos os fatos, deixem a interpretação para os leitores ou sua audiência – que não é idiota nem tão manipulável como vocês pensam – rapidamente se restringirá aos parentes de cada um de vocês.

    Curtir

  2. Que pena… As suecas, apesar do comportamento antipático e extremamente feminazi que expressam por vezes, não mereceriam esse tipo de coisa.

    Curtir

  3. César Augusto

    Na Suécia também acontece isso! Que surpresa quer dizer que não é só na Terceiromundolândia que fazem isso como eles dizem…

    Curtir

  4. José Silvério Lemos

    Uai na Suécia também acontece desses crimes? Estou surpreso!

    Curtir

  5. Veja que m… de jornalismo.
    Parem de nos tratar como idiotas!

    Curtir

  6. Pior é transmitir guerras ao vivo, lembram da invasão ao Iraque?

    Curtir

  7. Anjo Conservador

    Taí o resultado do feminismo comunista…A mulher, sempre fragil, sempre é vitima.

    Curtir

  8. Mário Campos

    Veja … cada vez mais se submete ao jugo politicamente correto e omite a verdade.
    Quem não sabe que os criminosos são “refugiados” ?
    Vivemos sob uma ditadura midiática cruel .

    Curtir

  9. TheFvbueno .

    Sabe porque essa revistinha não posta imagem ou nomes dos animais que estupraram? Porque não devem ser brancos, ricos ou mesmo classe média. Com a alta incidência de muçulmanos vindos da “crise humanitária”, qual a probabilidade de ter sido um desses anjinhos?

    Curtir

  10. Anjo Conservador

    O feminismo comunista ilude os homens de mente debilitada a acreditar que as mulheres não devem ser protegidas…deles mesmos.

    Curtir