Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Estátua de menina que encara o touro de Wall Street será transferida

Obra foi montada para celebrar Dia Internacional da Mulher em 2017

Por EFE - Atualizado em 19 abr 2018, 20h17 - Publicado em 19 abr 2018, 19h57

A estátua de uma menina em pose desafiadora instalada há um ano em frente ao famoso touro de Wall Street será transferida para uma nova localização permanente, desta vez em frente à sede da Bolsa de Nova York.

Chamada de “Menina sem medo”, a estátua de bronze foi montada de surpresa no dia 7 de março de 2017, na véspera do Dia Internacional da Mulher, em uma instalação financiada por uma empresa privada e sem contar com as permissões correspondentes.

Dias depois, as autoridades de Nova York disseram que essa localização seria temporária, até que fosse encontrado um novo lugar.

O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, anunciou nesta quinta-feira que a obra, que simboliza um valente desafio perante o touro que representa a força de Wall Street, ficará agora em frente à sede do principal mercado de ações.

Publicidade

De Blasio disse que a mudança se deve aos problemas que a obra estava criando desde a sua instalação, pela quantidade de curiosos e turistas que queriam ver de perto o duelo de estátuas.

“Estamos orgulhosos por sermos a cidade da ‘Menina sem medo’. Um poderoso símbolo da necessidade de mudança nos níveis mais altos do mundo corporativo dos Estados Unidos”, afirmou o prefeito.

Segundo o governante, um nome de destaque dos setores mais progressistas do Partido Democrata, a nova localização da estátua “garantirá que a sua mensagem e o seu impacto continuem a ser escutados”.

O presidente da Bolsa de Nova York (NYSE), Thomas Farley, declarou que esperava “ansiosamente” pela instalação da obra de arte, cuja mudança será concluída no final deste ano.

Publicidade

No comunicado sobre a mudança, a escultora Kristen Visbal, autora da obra, se mostrou satisfeita pelo fato de agora haver um lugar permanente, de modo a continuar inspirando “melhores decisões”.

A nota também anuncia, sem oferecer mais detalhes, que está sendo estudada uma mudança parecida para o famoso touro que simboliza Wall Street.

Publicidade