Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Estados Unidos vão fechar últimos consulados na Rússia

Medida foi confirmada pelo Departamento de Estado de Donald Trump às vésperas da posse de Joe Biden

Por Mariana Muniz 19 dez 2020, 15h53

Os Estados Unidos irão fechar seus dois últimos consulados na Rússia — ficando apenas com a embaixada em Moscou. A decisão ocorre nos últimos dias da administração de Donald Trump, que deve passar o bastão para Joe Biden em 20 de janeiro.

A notícia foi divulgada pela CNN e confirmada pelo Departamento de Estado americano neste sábado.

Serão afetados pela medida o consulado americano em Vladivostok, no extremo-oriente da Rússia, e a representação em Ecaterimburgo.

Dez diplomatas americanos que servem nos consulados serão transferidos para a embaixada em Moscou, enquanto que 33 funcionários locais serão demitidos.

De acordo com a CNN, que cita uma carta dirigida pelo Departamento de Estado ao Congresso, a decisão foi tomada “em resposta aos problemas permanentes de recursos humanos na missão americana na Rússia, depois de tensões entre os dois países em 2017 envolvendo, inclusive, vistos diplomáticos.
Continua após a publicidade
Publicidade