Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Estados Unidos se preparam para furacão ‘potencialmente devastador’

Cidade de Nova Orleans pode ser atingida por ventos de até 210 Km/h

Por Ernesto Neves Atualizado em 27 ago 2021, 14h52 - Publicado em 27 ago 2021, 14h22

Meteorologistas dos Estados Unidos emitiram alerta nesta sexta-feira, 27, para a chegada da tormenta tropical Ida no próximo domingo 29.

De acordo com o Centro Nacional de Furacões, a tempestade está sobre Cuba, onde vem ganhando força ao encontrar as águas quentes do Golfo do México. 

Os meteorologistas afirmam que Ida deve se transformar num furacão de Categoria 3 (de uma escala que vai até 5), com ventos de até 209 km/h e atingir o estado da Louisiana.

O fenômeno deve provocar ainda ondas entre 2 e 3 metros de altura, aumentando o risco de enchentes.

“A previsão do tempo aponta direto para Nova Orleans. Não é nada bom”, disse Jim Kossin, cientista sênior do Serviço Meteorológico dos Estados Unidos.

Continua após a publicidade

Em 2005, a cidade foi duramente atingida pelo furacão Katrina, de Categoria 5, numa das maiores tragédias da história americana. O furacão deixou um saldo de 1.800 mortos e prejuízos da ordem de 125 bilhões de dólares, cerca de 650 bilhões de reais.

Ida representou ameaça relativamente baixa para Cuba. O perigo, alertam os meteorologistas, está nas águas aquecidas Golfo, onde Ida deve se fortalecer rapidamente, transformando-se num furacão de alta intensidade.

A previsão é que o furacão atinja a região do Delta do rio Mississippi no final de domingo ou início de segunda-feira.

O governador da Louisiana, John Bel Edwards, declarou estado de emergência no estado até a próxima semana. O político afirmou que furacões de Categoria 3 podem causar “danos potencialmente devastadores”. 

“Infelizmente, toda a costa está no caminho de Ida, que está se fortalecendo e pode chegar à Louisiana como um grande furacão, já que as condições do Golfo são propícias a uma rápida intensificação”, disse.

Continua após a publicidade

Publicidade