Clique e assine a partir de 9,90/mês

Estado Islâmico sequestra dezenas de cristãos em cidade síria

Por Da Redação - Atualizado em 30 jul 2020, 21h27 - Publicado em 7 ago 2015, 08h06

Jihadistas do Estado Islâmico (EI) sequestraram dezenas de famílias cristãs após tomarem uma cidade estratégica na província síria de Homs, informou nesta sexta-feira o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH), ONG com sede em Londres que monitora a guerra na Síria.

Pelo menos 230 pessoas foram sequestradas, incluindo dezenas de cristãos. Alguns deles foram retirados de uma igreja em Qaryatain, cidade capturada após confrontos intensos com o Exército sírio. A ONG comunicou que se desconhece o paradeiro desses prisioneiros, entre os quais há dezenove menores e 45 mulheres, além de onze famílias inteiras. Qaryatain fica perto de uma rodovia que liga a cidade de Palmira às montanhas de Qalamoun, junto à fronteira com o Líbano.

Leia mais

Saiba quais são os dez piores países para ser cristão

Continua após a publicidade

​Crucificação: a abominável humilhação retomada pelo Estado Islâmico

O Estado Islâmico considera cristãos como infiéis, persegue também membros de outras minorias religiosas e mesmo muçulmanos que não juram obediência aos jihadistas. A organização terrorista proclamou no final de junho de 2014 um califado na Síria e no Iraque, onde controla amplas partes de seus territórios.

(Da redação)

Publicidade