Clique e assine com até 92% de desconto

Esposa de Aznar, Ana Botella, é a primeira prefeita de Madri

Por Jorge Guerrero 27 dez 2011, 09h20

Ana Botella, a esposa do ex-primeiro-ministro espanhol José Maria Aznar, se tornou nesta terça-feira a primeira mulher a assumir a prefeitura de Madri, com o plano de reduzir a enorme dívida de mais de seis bilhões de euros.

Ana Botella, 58 anos, ex-secretária de Meio Ambiente e número dois na lista do Partido Popular (PP) nas últimas eleições municipais, foi eleita com maioria absoluta de 31 votos do partido.

Ela substituirá Alberto Ruiz Gallardón, que renunciou ao cargo que ocupava desde 2003, depois de ser designado para assumir o ministério da Justiça pelo novo primeiro-ministro do país, o conservador Mariano Rajoy.

A nova prefeita se comprometeu a reduzir o déficit e a dívida de Madri, alimentados por uma intensa política de infraestruturas que mudou a imagem da capital espanhola.

Casada com José Maria Aznar, com quem teve três filhos, desde 1977, Ana Botella acompanhou o marido em La Moncloa, residência oficial do presidente de governo, entre 1996 e 2004.

Ela é famosa por declarações polêmicas.

“Os matrimônios de homossexuais nunca serão iguais aos dos heterossexuais, assim como duas maçãs geram outra maçã e uma maçã mais uma pera nunca resultarão em outra maçã”, afirmou em 2004 em sua frase mais célebre.

Continua após a publicidade
Publicidade