Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Espiã russa pede delator Edward Snowden em casamento

Anna Chapman usou a sua página no Twitter para se declarar ao ex-técnico da CIA. Ela também perguntou à agência de segurança dos EUA se os filhos do 'casal' estariam seguros

Por Da Redação
4 jul 2013, 19h35

Se quiser continuar na Rússia e conseguir sair da área de trânsito do aeroporto de Sheremetyevo, em Moscou, Edward Snowden parece já ter para onde ir. A ex-espiã russa Anna Chapman fez uma declaração de amor ao americano que vazou informações à imprensa sobre programas secretos de vigilância do governo americano. “Snowden, quer casar comigo?”, escreveu a beldade russa em sua página no Twitter. Em seguida, completou: “nsa, você vai cuidar de nossos filhos?”, usando a sigla da Agência de Segurança Nacional americana, que mantém o programa revelado pelo ex-técnico da CIA.

Anna ficou conhecida depois de ser capturada nos Estados Unidos, junto com outros nove agentes russos, em 2010. Posteriormente, ela e os outros espiões foram trocados por prisioneiros russos acusados de espionagem a favor do Ocidente. Ao chegarem a Moscou, o grupo foi condecorado pelo então presidente Dmitri Medvedev, encerrando um episódio que lembrou os tempos da Guerra Fria. Depois de abandonar a carreira de espiã, Anna fez alguns trabalhos como modelo e passou a apresentar um programa na TV russa chamado “Os Segredos do Mundo”, informou o Wall Street Journal.

Galeria de fotos: A namorada abandonada de Snowden

A beldade de 31 anos não foi a única a se declarar ao delator. Maria Baronova, uma ativista contrária ao governo de Vladimir Putin, ofereceu até mesmo um passaporte a Snowden – que está impedido de sair do aeroporto porque teve seu documento suspenso pelo governo americano. Ele é acusado de espionagem, furto e apropriação indevida de propriedade do governo. “A propósito, eu também ofereço a Snowden meu coração e até o meu passaporte! Edward! Casa comigo!”

É bom lembrar que ao decidir revelar as informações secretas da administração Obama, Snowden, de 30 anos, deixou para trás no Havaí uma bela namorada, dançarina de pole dance, e viajou para Hong Kong.

A rede de TV que transmite o programa apresentado por Anna aproveitou a publicidade instantânea resultante do post mencionando o ex-técnico da CIA. Com a chamada “A caça de Anna Chapman por Snowden em Sheremetyevo”, a emissora REN-TV chamou a atenção para o vídeo de um programa de abril, disponível na internet, no qual a apresentadora imobilizava vários homens mascarados em um sombrio corredor.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

O Brasil está mudando. O tempo todo.

Acompanhe por VEJA.

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.