Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Epicentro da Covid-19 na Coreia do Sul registra zero casos pela 1ª vez

Cidade de Daegu registrou mais da metade dos casos de coronavírus no país, mas viu números zerarem após distribuir testes e adotar isolamento social

Por Da Redação 10 abr 2020, 17h01

Daegu, a cidade sul-coreana que sofreu o primeiro grande surto de coronavírus fora da China, registrou nesta sexta-feira, 10, zero novos casos de Covid-19, o que não ocorria desde fevereiro.

A quarta maior cidade do país se tornou o epicentro da doença na Coreia do Sul devido à aglomeração de pessoas em cultos religiosos, aliado à demora das autoridades para tomar precauções. De acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças da Coreia do Sul (KCDC, no idioma local), Daegu tem pelo menos 6.807 casos confirmados, o que representa mais da metade de todas as 10.450 infecções no país.

  • O país asiático, então, adotou uma série de medidas para conter a pandemia, como a distribuição de testes e rígidas normas de distanciamento social. Nesta sexta-feira, o país registrou 27 novos casos, cumprindo a meta do governo de manter o número de infecções diárias abaixo de 50. Ao todo, 208 pessoas morreram na Coreia do Sul em decorrência da Covid-19.

    Apesar da aparente melhora, as autoridades locais mantêm forte vigilância. No último fim de semana, no qual notou-se um número crescente de pessoas nas ruas, o governo aumentou o valor da multa para quem violar as regras de isolamento social para 10 milhões de won (mais de 42.000 reais) ou um ano de prisão.

    Continua após a publicidade
    Publicidade