Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Enfrentamentos na Síria deixam pelo menos 12 mortos

(Atualiza o número de mortos).

Cairo, 29 nov (EFE).- Pelo menos 12 pessoas morreram nesta terça-feira na Síria em um novo dia de violência no qual as províncias de Homs e Rif Damasco, no centro e oeste do país, foram as mais afetadas, apontou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Em comunicado, o grupo detalhou que cinco pessoas morreram em Homs, entre elas duas meninas que foram atingidas por balas perdidas em um posto de controle e um jovem que perdeu a vida por disparos de um franco-atirador no bairro de Baba Amro.

Pelo menos cinco pessoas foram mortas na província de Rif Damasco, nos arredores da capital, enquanto uma pessoa morreu na localidade de Saraqeb (no norte da Síria) e outra na de Hama (centro).

Além disso, segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos, três membros das forças de segurança morreram nesta terça-feira no leste de Saraqeb após um ataque de supostos soldados desertores.

Os dissidentes capturaram dois soldados e os levaram a um local desconhecido, acrescentou a organização opositora.

Por outro lado, a agência de notícias oficial ‘Sana’ informou que as autoridades abateram quatro ‘terroristas’ e feriram outros sete após um enfrentamento no bairro de Al Khalidiya, na cidade de Homs, onde também foram presas sete pessoas.

A ‘Sana’ ressaltou que as forças do regime apreenderam um lança-granadas em uma das casas dos ‘terroristas’, além de três veículos supostamente roubados, um deles um carro-bomba, com placas falsas. EFE